terça-feira, 19 de abril de 2016

Jesus e a Atualidade - Vol. 1 - Série Psicológica Joanna de Angelis - Divaldo Franco (1989)


Sinopse: A atualidade do pensamento de Jesus surpreende os mais céticos estudiosos da problemática humana, sempre complexa e desafiadora nestes dias.
Profundo conhecedor da psique, Jesus penetrava com segurança nos refolhos do indivíduo e descobria as causas reais das aflições que o inconsciente de cada um procurava escamotear.
Por processos mais demorados, a Psicologia Profunda chega, no momento, às mesmas conclusões que Ele lograva com facilidade desde há dois mil anos.
Enquanto as ambições desregradas conduzem as inteligências ao paroxismo e à alucinação da posse, da fama, da glória, das disputas cegas, Ele ressurge na consciência moderna em plenitude, jovial e amigo, afortunado pela humanidade e a segurança íntima.
A atualidade necessita urgentemente de Jesus descrucificado, companheiro e terapeuta em atendimento de emergência, a fim de evitar-lhe a queda no abismo.
Pensando nesta inadiável questão, a veneranda benfeitora apresenta, neste pequeno grande livro, vinte situações que abordam as ocorrências do cotidiano que aturdem a civilização, buscando respostas da conduta na terapia de Jesus, cujos resultados, obviamente, são a saúde, a paz e a felicidade como experiências ainda não fruídas individual e coletivamente pelos homens.
------------------------------------ 
A mentora Joanna nos traz lindas lições de Jesus sob a luz da Psicologia. São vinte capítulos alusivos aos mais diversos assuntos da atualidade: desafios, reencarnação, justiça, honra, tolerância, coragem entre outros.
Cada capítulo é apresentado com uma passagem de Jesus e de como ele agiu em determinada situação de modo a nos exemplificar o que nos falta para essa compreensão.
Jesus sempre nos chamou ao autoconhecimento, ao descobrir-se, ao olhar para nós e sabermos de nossas fraquezas e forças. Ele "sabia ser enfermo o Espírito, e não o corpo, sempre se dirigia preferencialmente à individualidade, e não à personalidade de que se revestia cada homem."
Jamais condenou, pelo contrário, sempre ofereceu oportunidade para reparação do erro, bem como, se ajustar à própria e á Consciência Divina.
Elegeu o amor como a solução para todos os questionamentos e o perdão como terapia para todas as enfermidades.
Educava com energia, disciplina e edificação. Nunca humilhava.
Nos ensinou o caminho da felicidade, da coragem.
Sempre foi um exemplo.
Jesus era "revolucionário por excelência. Estabelecia a luta de dentro para fora: a morte do homem velho e o nascimento do homem novo."
E estabeleceu que "somente é feliz aquele que é livre. Só existe felicidade em quem se encontrou com a verdade, absorveu-a e tomou-a como norma de conduta."
Enfim, esse é um livro de autoanálise e que deve servir de livro de cabeceira a ser consultado vez ou outra como estímulo a auto iluminação. (Valéria Knopp)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O tempo do Autoencontro - A necessidade e o papel do deserto em nossas vidas - ROSSANDRO KLINJEY

SINOPSE: Quem em sã consciência convida alguém para uma incursão ao deserto? E quem se arrisca a tal aventura? E se o smartphone ...