terça-feira, 20 de março de 2012

O ano de leitura mágica - Nina Sankovitch




"Os livros espalham vida - minha vida!
Alegria e lágrimas, prazer e dor: 
tudo isso se apoderava de mim 
enquanto eu li na minha poltrona roxa. 
Eu nunca havia passado tanto tempo sentada 
e mesmo assim vivendo muito."







Você seria Capaz de Ler um Livro por Dia Durante um Ano? Um desafio: ler um livro por dia durante um ano. Você aceita? Essa foi a promessa que Nina Sankovitch fez a si mesma. Após perder a irmã mais velha para o câncer, e embora precisasse cuidar dos quatro filhos e lidar com os percalços que fazem parte do cotidiano de uma grande família, Nina cria uma jornada para si mesma: ler um livro por dia durante um ano inteiro. Nesse verdadeiro sonho literário, nossa heroína descobrirá que o ano de leitura mágica mudará tudo ao seu redor e que os livros são uma ótima terapia. 

O ano da leitura mágica também conta a história da família Sankovitch: o pai de Nina, que escapou da morte por um triz na Bielo-Rússia durante a Segunda Guerra Mundial; os quatro ruidosos filhos, que lhe recomendavam livros ao mesmo tempo que a ajudavam a cozinhar e a limpar a casa; e Anne-Marie, sua irmã mais velha e inspiração, com quem Nina compartilhou os prazeres da leitura, mesmo em seus últimos momentos de vida. 
                                                                      ------------------<>---------------------------
Estou lendo este livro e me deliciando com sua narrativa e fatos. Me vejo sentada em sua poltrona roxa, ou junto a ela na biblioteca pública, aproveitando pelas janelas o sol e a leitura. É tão interessante você observar como os livros se "encaixaram" na vida de Nina, que parece que vivemos paralelamente sua vida, sua história, sua dor e sua conquista. Não vejo a hora de terminá-lo e postar aqui meu último parecer! :) Vall

2 comentários:

  1. Este seu blog é muito inspirador, Vall. Uma amiga me apresentou ele.

    Siga adiante com estas suas boas ideias - de costurar a boa literatura espírita com a literatura universal.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Abel!
    Ler é inspiração! E eu amo ler, é como a água para o meu corpo, é alimento para minha alma! seja bem vindo a este humilde projeto!
    abraços fraternos,
    Vall ♥

    ResponderExcluir

O tempo do Autoencontro - A necessidade e o papel do deserto em nossas vidas - ROSSANDRO KLINJEY

SINOPSE: Quem em sã consciência convida alguém para uma incursão ao deserto? E quem se arrisca a tal aventura? E se o smartphone ...